Broadway será permanentemente fechada ao trânsito

Publicado originalmente por Jorge Pontual de Nova York para a Central de Notícias GLOBO.com no dia 22 de maio de 2009.

Medida faz parte da campanha para tornar a cidade mais verde e humana, com menos trânsito

Times Square e Broadway são ícones de Nova York. O movimento confuso de carros e pedestres é parte do atrativo para turistas do mundo todo. Mas a campanha para tornar a cidade mais verde e humana, com menos trânsito, levou a prefeitura a fazer uma experiência que pode mudar radicalmente o espírito do lugar.

A partir de domingo (24), a Broadway será permanentemente fechada ao trânsito em dois trechos: em Times Square, entre as ruas 47 e 42. E Herald Square, entre as ruas 35 e 33, onde fica a loja de departamento Macy’s. Na altura das duas praças, a Broadway vai virar uma rua de pedestres.

Em outros trechos da avenida, os carros já perderam três pistas, convertidas em ciclovias e calçadões. Times Square vai ficar assim: toldos, mesinhas, tudo muito tranquilo e civilizado. Mas o que será que o turista vai achar quando em vez do caos tradicional deste lugar, encontrar uma praça como outra qualquer, sem muita cara de Nova York?

A brasileira Priscila, que mora lá, aprova a medida: “Eu acho que vai melhorar um pouco porque é muita gente andando 24 horas”.

Wiley Norvell é diretor de uma organização que, há 20 anos, luta para fechar a Broadway aos carros. Ele explica que o modelo vem de cidades como Amsterdã, Copenhague e Bogotá, onde a bicicleta está substituindo o automóvel.

Wiley faz parte do crescente contingente de jovens que vão trabalhar de bicicleta. Para eles, o fechamento da Broadway é uma grande vitória. Mas os motoristas estão revoltados. O chofer de táxi acha que o trânsito vai ficar muito pior: “A área concentra os hotéis e teatros da cidade. Só vamos poder parar longe daqui”, ele reclama.

James, que trabalha perto de Times Square, acha que fechar a Broadway vai reduzir o tumulto, mas teme que sem a bagunça e os carros a praça perca o charme.

Nova York ficará mais parecida com as cidades europeias: um pouco menos caótica. Mas, todos esperam, ainda bem tumultuada.

Veja também algumas fotos na página do New York Times.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *