Tempo de espera para pedestres

Uma cidade que priorize os deslocamentos a pé, não precisa criar apenas o espaço físico como calçadas largas e acessíveis.

Um outro fator importante é quanto se tem que esperar para chegar do ponto A ao ponto B. O vídeo abaixo foi retirado de um blog de Portugal. Ele mostra a dificuldade de atravesasr um cruzamento no centro de Lisboa por causa do excesso do tempo de espera.

[vodpod id=ExternalVideo.887670&w=425&h=350&fv=]

mais sobre “Tempo de espera para pedestres“, publicado com vodpod

Como todos sabemos, o deslocamento a pé é bem mais lento do que de carro. Se além disso, os cruzamentos priorizarem o fluxo dos veículos motorizados será realmente difícil estimular a mobilidade sustentável na cidade.

Em alguns casos, o peão tem que esperar por 3 semáforos diferentes para atravessar apenas uma via. O automóvel nunca espera mais de um semáforo.

Menos um Carro – Portugal

Como você acha que essa questão é tratada aqui em Curitiba? Qual a dificuldade, do ponto de vista do pedestre em transitar pelos cruzamentos de ruas centrais como a Mariano Torres, Marechal Deodoro, Cândido de Abreu, Visconde de Guarapuava, Silva Jardim, 24 de maio, Pres. Carlos Cavalcanti entre outras?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *