Lições fora da caixinha usando cidade em caixas: CUBE

Nosso ambiente construído começa com nossa própria casa. Ela se expande em círculos cada vez maiores para o bairro, escola, igreja, lojas, serviços, área rural, escritórios, fábricas e instituições civis e governamentais.

Todos estes tipos de edifícios são dispostos em padrões de desenvolvimento. Eles estão sobrepostos em sistemas rodoviários, serviços públicos, estacionamento, espaço aberto e cursos d’água. Cidades funcionam das mais variadas formas, devido às decisões que foram tomadas durante centenas de anos. Isso afeta nossa psique todos os dias. Bairros planejados com a beleza, proporção, escala, apreciação para a natureza e eficiência são melhores lugares para se viver, trabalhar e brincar.

third-grade-box-city

Como chegamos até aqui?
Nosso típico sistema educativo não nos prepara a pensar sobre como o ambiente construído é criado ou o que deve/pode funcionar nele. Achamos que arquitetos desenham um edifício no papel e um empreiteiro vai lá e constrói.

A longa história da arquitetura é difusa. O que é arquitetura? O que é design? Qual é a estrutura? Que emoções, funções e atividades são oferecidas pelos edifícios? Como nosso bairro ou cidade foram projetados e construídos? Como isso funciona?

O papel dos planejadores, políticos, investidores e cidadãos compõe uma mistura rica de criatividade e possibilidade. Cidadãos engajados exercem uma grande influência sobre as nossas comunidades.

O QUE É CUBE?
O Centro para a compreensão do Ambiente Construído (original em inglês: Center for Understanding the Built Environment) foi inventado há mais de 45 anos atrás por Ginny Graves, Haia. Como professora, ela viu a necessidade de uma pedagogia mais holística. O ambiente construído fornece a plataforma ideal para leitura, escrita, matemática, ciência, arte e tecnologia.

Ginny e seu quadro enorme de professores voluntários desenvolveu CUBE para formar os professores para ensinar aos alunos os conceitos fundamentais. Box City, Around the block, Picture This! e outros programas têm sido aplicado em escolas, centros comunitários e setores públicos em todo o mundo – atingindo um número estimado de 600.000 alunos ao longo dos anos.

Como CUBE funciona
CUBE fornece ferramentas para aprender os conceitos fundamentais de como nosso mundo construído foi projetado. O envolvimento ativo desde o planejamento inicial até a formulação de políticas públicas pode gerar um impacto significativo nos resultados. Algumas das ferramentas CUBE:

    • Volta no quarteirão ensina os alunos a ver e experimentar a sua vizinhança local com novos olhos. Design, padrões, cor, integração com a natureza, a história nos ajudar a “ler” e entender o ambiente construído.
      Box City envolve professores e alunos no ato da concepção e da formação de nossas cidades, decorando caixas e colocando-as em pontos estratégicos no “mapa” de um bairro do tamanho de uma sala. Trabalho em equipe e negociação é necessária à medida que os vários edifícios em um ambiente de grupo são colocados no “mapa”.
  • Existem muitas atividades e programas individuais, concebidos e desenvolvidos pelo CUBE que estão disponíveis para professores, planejadores e ativistas comunitários.

    Alguns dos projetos que realizamos aqui no Brasil e em Curitiba tem sido inspirados pelo material e pela equipe do CUBE que nos deu grande apoio. Mais informações podem ser obtidas diretamente no site do CUBE.

    Este artigo foi publicado originalmente no site da American Planning Association no dia 25 de julho de 2016 por Kelly Chen e Kirk Gastinger.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *